Politica

“Não pode haver na sociedade política portuguesa mecanismos de exclusão”

Primeiro-ministro falou durante a BTL

António Costa afirmou, esta quarta-feira durante a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que “acrescentar o PSD ao consenso não significa retirar quem quer que seja do consenso que tem quem existir”, após ter sido questionado sobre os acordos entre o PS e PSD.

O primeiro-ministro referiu ainda que “tal como antes não era possível manter um arco da governação que mantinha parte do sistema político sem espaço de intervenção na área governativa, não se crie agora um novo arco da governação que exclui outros”.

“Não pode haver na sociedade política portuguesa mecanismos de exclusão”, sublinhou Costa.

Para o primeiro-ministro não é novidade a necessidade de haver consenso em algumas questões, uma vez que os assuntos estão a ser decididos “para aqueles que daqui a 100 anos continuarão a usar essas infraestruturas”.