Desporto

Bruno Costa Carvalho: “Está na hora de todos se demitirem. Está na hora desta direção se demitir”

Candidato foi derrotado, em 2010, nas eleições para a presidência do Benfica

Bruno Costa Carvalho, o candidato que foi derrotado nas eleições de 2010 para a presidência do Benfica, utilizou as redes sociais para se expressar sobre a situação do Benfica, exigindo a demissão imediata de Luís Filipe Vieira.

Depois de Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Benfica, ter sido detido por suspeitas de corrupção ativa, na sequência da operação e-toupeira, o ex-candidato fez o apelo nas redes sociais para que haja “benfiquismo e dignidade”.

“Já chega! Ninguém com bom senso confia em nenhum destes senhores. Imaginem o que diriam se isto se passasse com dirigentes de um clube rival… Está na hora de todos se demitirem. Está na hora desta direção se demitir. Está na hora de renovar o Benfica”, lê-se na publicação.

Costa Carvalho defende ainda que os envolvidos devem lutar pela inocência longe do clube e que devem “misturar o menos possível o nome deles com o de uma instituição centenária e gloriosa cuja sua ação, justa ou injustamente, tem manchado o nome do Clube que deviam amar, honrar e defender”.

“Esperemos que isto afete o menos possível o grupo. Rui Vitória tem a missão de unir o grupo, conduzir os seus homens e vencer pelo Benfica. Os jogadores têm a obrigação de jogar com tudo o que têm e vencer pelo Benfica. Estão todos no clube, são todos profissionais, e contamos com isso mesmo: com o profissionalismo. Levem-nos ao penta, pois a parte desportiva não tem nada a ver com estas trapalhadas jurídicas. Os benfiquistas merecem o penta”, finaliza o ex-candidato.