Internacional

Autor do massacre na escola da Florida pode ser condenado à morte

O suspeito do tiroteio que ocorreu na Escola da Florida, Nikolas Cruz, e que matou 17 pessoas, foi hoje acusado formalmente dos homicídios e pode ser condenado a uma pena de morte.

Nikolas, de 19 anos, autor do massacre no liceu Marjory Stoneman Douglas, em Parkland, na Florida, foi hoje acusado formalmente da morte de 17 pessoas em primeiro grau, e ainda dos ferimentos que causou a outras 16.

O advogado de defesa de Cruz afirmou, esta quinta-feira, que o seu cliente confessar-se-ia culpado, caso os procuradores retirassem a pena de morte da mesa. Se isto acontecer, Nikolas terá uma sentença de prisão perpétua.