Vida

Cão morre em pleno voo quando viajava dentro do compartimento de bagagens

“Um acidente trágico que não devia ter acontecido”

Um cão morreu durante um voo operado pela United Airlines, entre Houston e Nova Iorque, nos EUA.

O animal viajava dentro do compartimento para bagagens do aparelho. O dono tinha colocado o cão dentro de uma pequena caixa debaixo do assento do seu banco, mas uma assistente de bordo ordenou que colocasse a caixa no compartimento para bagagens, revela a Associated Press.

A companhia já assumiu responsabilidade pela morte do cão. “Um acidente trágico que nunca deveria ter ocorrido, já que os animais nunca devem ser colocados no compartimento de bagagem”, disse a United Airlines em comunicado.

A companhia aérea está agora a investigar a situação e anunciou que ia devolver o dinheiro dos bilhetes à dona do animal.