Politica

Costa: O objetivo “não é andar à caça à multa”

O primeiro-ministro diz que as sanções para quem não limpa os terrenos serão retiradas se os proprietários fizerem a limpeza até ao final de maio

Fernando Negrão questionou António costa sobre as “queixas por parte das populações” sobre as sanções e prazos para a limpeza de terrenos. Costa garantiu que o “objetivo do quadro sancionatório não é andar à caça à multa”.

Os altos levantados a partir deste mês poderão ter as coimas anuladas “a quem tenha os terrenos limpos até ao final de maio”, exploicou Costa. “A mensagem fundamental não é pague coima, é limpe o mato”, acrescentou.

Fernando Negrão questionou ainda o primeiro-ministro sobre os concursos dos apoio aéreos no combate aos incêndios, ao que Costa respondeu que “brevemente a força aérea apresentará o relatório final para que possa assumir o comando integral na operação de combate aos meios aéreos”, acrescentado que foi aberto um concurso para aviões, que ficou “deserto”.

Em março, será aberto “um novo concurso para contratar os meios aéreos” de forma a passar de 48 para 51.