Desporto

Bélgica. Sá Pinto celebra a conquista da Taça

O Standard Liège, orientado pelo técnico português, bateu o Genk na final após prolongamento (1-0)

Aos 45 anos, Ricardo Sá Pinto festejou a primeira conquista da sua carreira enquanto treinador. O antigo internacional português guiou o Standard Liège à vitória na final da Taça da Bélgica, batendo o Genk por 1-0 após prolongamento - valeu o golo de Emond aos 92 minutos.

O triunfo na competição garante, desde já, um lugar na Liga Europa da próxima temporada ao histórico conjunto belga, que conquistou a oitava Taça do seu historial - segunda nos últimos três anos. O técnico luso, ainda assim, aspira a mais, depois de ter conseguido, no último fim-de-semana, levar o Standard Liège à fase de campeão da Liga belga, ao vencer no terreno do Oostende (2-3) e assim terminar em sexto na fase regular.

Este troféu acaba por ter a participação decisiva de dois jogadores com ligações a Portugal: o internacional luso Orlando Sá, que fez três jogos e dois golos na prova antes de se mudar para a China, no passado mês de fevereiro, e o extremo marroquino Carcela-González, que passou pelo Benfica em 2015/16 e que foi um dos reforços de inverno para Sá Pinto. Nesta final, foi mesmo dele o cruzamento para o golo triunfal de Emond.