Desporto

Sporting. Madeira Rodrigues arrasa Bruno de Carvalho

O candidato derrotado nas eleições de 2017 comenta o caso com Adrien, mas também as palavras do presidente leonino direcionadas às equipas de futebol e hóquei em patins

Pedro Madeira Rodrigues reagiu esta segunda-feira às palavras de Bruno de Carvalho dirigidas a Adrien, ex-jogador do Sporting, mas também às equipas leoninas de futebol e hóquei em patins.

Numa nota enviada às redações, intitulada "Vergonha alheia", o candidato derrotado nas eleições de março de 2017 expressa, de modo irónico, a sua indignação para com o teor da mensagem publicada ao início do dia pelo presidente leonino no Facebook. Na mesma, Bruno de Carvalho atira-se a Adrien, que em entrevista ao jornal inglês "The Guardian" revelou estar "desiludido" com a postura do presidente do Sporting aquando da transferência para o Leicester. "Espero que a entrevista tenha sido mal traduzida. Se estiver correta, digo já que o Sporting falhou muito no trabalho de o fazer [Adrien] um homem", escreveu o líder dos leões, criticando ainda a equipa de hóquei em patins após a eliminação na Taça de Portugal com o FC Porto e a equipa de futebol por esta ter "ignorado o início de uma ação de solidariedade".

O comunicado de Pedro Madeira Rodrigues na íntegra:

"Num dia sempre especial para mim, marcado infelizmente nos últimos anos pela ausência do meu pai, grande homem e grande sportinguista, fiz o erro hoje de espreitar uma notícia que nomeadamente referia críticas injustas de Bruno de Carvalho a Adrien e às equipas principais de hóquei patins e de futebol. Nenhum dos visados precisa de quem os defenda mas não resisto a responder publicamente às imbecilidades que foram ditas por quem insiste em envergonhar-nos.

O nosso “capitão”, vendido à pressa e que tanta falta nos tem feito este ano, é alvo de um lamentável ultimato só porque referiu publicamente que ficou desiludido com o comportamento de Bruno de Carvalho naquele processo que muito o prejudicou. Não Bruno de Carvalho, a entrevista não estava mal traduzida e tenho a certeza que em resposta às inconfidências do foro pessoal que fez neste “post”, Adrien não irá contar por exemplo o que se passou em Chaves o ano passado e a consideração (ou falta dela) que o plantel tem em relação a si. Ainda tem a ousadia de querer dar a Adrien lições de honestidade e em ser Homem? Autêntica falta de noção!

À nossa equipa de hóquei patins que ontem voltou-se a bater com muita garra, sobram críticas da parte de Carvalho e sempre naquela atitude de sempre: eu ganhei, vocês perderam. Tive muita pena que não tivéssemos ganho ontem mas ao menos fomos todos poupados à inevitável volta olímpica de quem quando ganhamos foi ele que ganhou e quando perdemos foram eles que perderam. Bruno de Carvalho a tentar dar lições de desportivismo a atletas é como Kim Il-Sung a dar lições de democracia aos ingleses. E sempre a conversa do eu, eu, eu que já enjoa.

Finalmente Carvalho queixou-se que os jogadores de futebol (que ontem apagaram a péssima imagem da República Checa) ignoraram o início de uma acção de solidariedade. Mostra bem a ausência da capacidade de liderança de Carvalho que já nem os jogadores seguem o que lhes é pedido pelo Presidente (porque será?) e ainda reforça essa incapacidade ao vir criticá-los publicamente.

Qual a razão para este cada vez mais notório desnorte de Bruno de Carvalho? Acredito que saberemos muito em breve.

Pedro Madeira Rodrigues"