LifeStyle

A Torre Eiffel vai mudar de cor?

O objetivo é regressar à cor original

Começou por ser um dos monumentos mais odiados pelos parisienses, mas hoje em dia é um dos símbolos da capital francesa. A Torre Eiffel gera contorvérsia desde 1889 e está prestes a estar novamente no centro de um debate aceso.

Ao longo dos seus 129 anos de existência, o monumento já foi pintado 19 vezes e está prestes a receber o 20º trabalho e desta vez poderá mudar completamente de aspeto. De acordo com o site Le Parisien, o Ministério da Cultura ainda está a decidir se mantém o aspeto metalizado ou se regressa à cor original da Torre Eiffel: vermelho.

Segundo o site da Smithsonian Mag, o engenheiro e arquiteto francês Gustave Eiffel defendia que a cor vermelha ajudava a proteger a estrutura da ferrugem. No entanto, desde a sua construção, o vermelho foi posto de lado e foram usadas diferentes cores – sim, a Torre Eiffel já foi ocre, amarela e castanha.

O site The Local diz que serão necessárias cerca de 60 toneladas de tinta para pintar o monumento (seja de que cor for…). As obras começarão em outubro e deverão durar cerca de três anos. O site Travel and Leisure diz que, durante os próximos 15 anos, a Torre Eiffel será alvo de várias intervenções, que totalizam um investimento de cerca de 300 milhões de euros – uma das renovações é, por exemplo, a instalação de vidro à prova de bala à volta da estrutura.