Politica

Jorge Coelho sobre Sócrates. "Ninguém lhe cortou os direitos políticos"

Socialista considera "normal" o convite a Sócrates para falar na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Lobo Xavier diz que "é uma coisa de muito mau gosto"

O socialista Jorge Coelho comentou as críticas feitas aos estudantes por terem convidado José Sócrates para falar da crise económica e defendeu que "ninguém lhe cortou os direitos políticos".

No programa Quadratura do Círculo, na SIC, o ex-ministro considerou "normal que tivessem convidado" José Sócrates para falar na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.

"O eng. Sócrates não foi julgado e não está condenado por nada", disse Jorge Coelho.

No mesmo programa, Lobo Xavier considerou que convidar Sócrates para falar numa universidade "ou é uma coisa de muito mau gosto ou é uma graçola". 

O ex-deputado do CDS considerou que a hipótese de José Sócrates regressar à política com uma candidatura presidencial é "uma pura ficção", porque o ex-líder socialista vai passar os próximos anos a defender-se das acusações que enfrenta na justiça.

A hipótese de uma candidatura presidencial foi lançada por Marques Mendes. Sócrates disse, esta semana, antes da conferência em Coimbra, que essa  "é mais uma matéria de bruxaria".