Sociedade

Homem detido por recrutar jovens para o Daesh em Portugal

O homem é de nacionalidade marroquina.

DR  

Um marroquino está detido no Estabelecimento Prisional do Monsanto, em Lisboa, por suspeitas de pertencer ao Estado Islâmico e recrutar jovens portugueses para o Daesh.

A Procuradoria-Geral da República confirma que o homem de nacionalidade marroquina se encontra detido no Monsanto por vários crimes, como adesão a organização terrorista internacional e recrutamento de jovens em Portugal para integrarem o Estado Islâmico.

O marroquino terá atuado “preferencialmente junto do Centro Português de Refugiados” para a “radicalização jihadista e recrutamento de jovens marroquinos para integrarem essa organização terrorista”, diz a PGR.

O homem terá sido detido pela Polícia Judiciária em março do ano passado, na Alemanha.