Internacional

Relações Portugal - Angola. Marcelo não desiste de cimeira

Marcelo Rebelo de Sousa continua empenhado na realização da cimeira luso-angolana que junte empresários dos dois países. 

O encontro, que estava marcado para dia 27, foi desmarcado, mesmo tendo desaparecido o motivo oficial para a decisão de Angola não participar. Mas em Belém assegura-se que o Presidente «tudo fará para que o encontro se concretize» noutra data.

A visita de Mariano Rajoy a Luanda prevista para a próxima semana foi o motivo invocado por João Lourenço para Angola não estar na cimeira que estava a ser organizada por José Luís Arnaut. Mas esse motivo deixou de existir.

Rajoy cancelou, entretanto, a visita que se deveria iniciar hoje, por causa dos últimos acontecimentos na Catalunha, onde os independentistas estão a tentar eleger um presidente do Governo catalão que está a ser investigado pela Justiça por delitos de rebelião e sedição.

Mas o cancelamento da visita de Rajoy não foi suficiente para que se realizasse a cimeira luso-angolana, num momento em que as relações entre Luanda e Lisboa continuam tensas.

Lisboa não desiste, estando agora a ser feitos esforços pela organização para que se encontre nova data.