Internacional

Maçonaria presta homenagem ao polícia que morreu no ataque em França

Arnaud Beltrame era maçon da Grande Loja de França

A Grande Loja de França prestou homenagem a Arnaud Beltrame, o polícia francês que trocou de lugar com uma das reféns durante o ataque em Trèbes e que acabou por morrer.

“A Grande Loja da França presta homenagem ao seu irmão, o tenente-coronel Arnaud Beltrame”, lê-se numa nota publicada pela organização maçónica.

Arnaud Beltrame “demonstrou um sentido de dever e um sacrifício exemplar”, diz a organização, acrescentando que “este ato de bravura e o seu patriotismo infalível salvou vidas e lembrou-nos que nunca nos devemos curvar perante a barbárie”.