Sociedade

Proteção Civil alerta para o mau tempo

Prevê-se um agravamento das condições meteorológicas nos próximos dias.


A Proteção Civil emitiu um alerta sobre o mau tempo que se avizinha.

De acordo com o Instituto Português do Mar e Atmosfera, as próximas 48 horas deverão trazerum agravamento da agitação marítima, chuva, vento e até queda de neve em Viana do Castelo, Bragança, Vila Real, Guarda, Braga, Castelo Branco e Viseu.

A Proteção Civil pede que se adote um estilo de condução defensiva, que não se atravesse zonas inundadas, e que se tenha especial cuidado na circulação junto a zonas ribeirinhas.

Eis os conselhos da Proteção Civil:

- Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;

- Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias;

- Proceder à colocação das correntes de neve nas viaturas, sempre que se circular nas áreas atingidas pela queda de neve;

- Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;

- Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;

- Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte;

- Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando se possível a circulação e permanência nestes locais;

- Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima;

- Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Os comentários estão desactivados.