Sociedade

AVC continua a ser uma das principais causas de morte em Portugal

Este sábado assinala-se o Dia Nacional do Doente com AVC.

AVC continua a ser uma das principais causas de morte em Portugal

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) registou, em 2017, uma média de nove casos por dia de AVC, tendo sido, no total, encaminhadas 3.138 pessoas pelo INEM para os hospitais.

Lisboa e Porto são os distritos que registam maior número de encaminhamentos, com 692 e 635 casos, respetivamente. A ocupar o terceiro e o quarto lugar, verificam-se as regiões de Braga, com 263 casos, e Setúbal, com 242.

O AVC continua a ser uma das principais causas de morte em Portugal e ainda a principal causa de morbilidade e de potenciais anos de vida perdidos, no que diz respeito ao conjunto das doenças cardiovasculares.

Amanhã, sábado, celebra-se o Dia Nacional do Doente com AVC e o INEM deixa vários conselhos em caso de sintomas, indicando que o socorro da vítima nas primeiras horas após o início dos sintomas é fundamental.

São estes os principais sintomas:

- falta de força num braço

- boca ao lado

- dificuldade em falar

 

 

Os comentários estão desactivados.