Desporto

“Jesus nunca falha nos erros e na arrogância”

Rui Gomes da Silva comentou a derrota do Sporting em Braga.

O ex-dirigente do Benfica aproveitou a derrota do Sporting no terreno do Braga para apontar o dedo a Jorge Jesus e Bruno de Carvalho.

"Em época de Quaresma (celebração da Ressurreição de Cristo e não referência a um dos adjuntos do 'mestre da tática') a ideia de que Jesus nunca nos faltará alimenta a esperança de todos os cristãos! Pois, neste caso, também nós, os que não dependemos deJesus, na sua versão futebolística, sabemos que ele... 'tarda mas não falha'! Nunca falha nos erros e na arrogância, ... nunca falha em nada em que um líder não pode falhar! E por isso (normalmente) só ganha ... quando ainda ou já não precisa!", escreveu Gomes da Silva no blogue Novo Geração Benfica.

O ex-dirigente do Benfica prosseguiu o ataque ao presidente do Sporting: "Eu sei que me vão acusar de violar a 'promessa' de não mais escrever sobre alguns dirigentes que nos divertem com o que dizem. Mas compreenderão que não o consiga com tanta coisa a dar-me razão! Porque à arrogância e à má criação dos ataques... não corresponde nada! Sem vitórias, no campo, o homem e o seu fiel 'escudeiro' só ganham onde são imbatíveis. (...). A uma verdade dita pelo presidente do Benfica, assistimos a um rol de insultos inadmissíveis numa sociedade de pessoas civilizadas! E a uma reclamação - fundada - do presidente do Braga, fomos surpreendidos por um texto que julgávamos não poder ser escrito. (...) Um dia, ultrapassados os limites do mandato ilimitado que julga ter, os mesmos sócios que o idolatram, acharão que ele ultrapassou os limites em tudo, quando, por lá, já não houver quase nada! Nada e muito menos vitórias, de que é feita a vida no futebol!".

Em relação ao jogo do Porto de hoje frente ao Belenenses, Rui Gomes da Silva diz ter esperança num desaire da formação orientada por Sérgio Conceição. "Que poderá passar pelo Restelo a história deste campeonato ... lá isso pode!"