Internacional

Procuradoria alemã apresenta pedido de extradição de Puigdemont

Os procuradores também pediram que o ex-presidente continue detido 

Depois de ter adiado uma declaração sobre o ex-presidente do governo catalão, a procuradoria alemã decidiu esta terça-feira pedir ao tribunal de Schleswig a extradição de Carles Puigdemont para Espanha, segundo avançou a Reuters. Os procuradores também pediram ao tribunal que Puigdemont continue detido, segundo o jornal espanhol El Mundo. 

O ex-presidente da Generalitat encontra-se detido na Alemanha desde 25 de março, quando regressava à Bélgica depois de ter ido falar ao parlamento dinamarquês. 

Puigdemont é acusado de rebelião e peculato pelas autoridades espanholas.