Tecnologia

Zuckerberg vai ser ouvido no congresso norte-americano

Em causa está o escândalo que envolve a Cambridge Analytica

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, vai falar sobre o uso e a proteção que a empresa faz dos dados dos utilizadores na comissão de Energia e Comércio do congresso norte-americano, no próximo dia 11.

Zuckerberg irá falar sobre o escândalo em que o Facebook se viu envolvido, depois de ter sido divulgada a forma como a Cambridge Analytica usou os dados dos utilizadores sem o seu conhecimento. Os membros desta comissão Greg Walden e Frank Pallone disseram à agência Reuters que esta é "uma oportunidade importante para esclarecer questões críticas relacionadas com a privacidade e ajudar os americanos a entender melhor o que acontece com as suas informações pessoais online".

Recorde-se que a Cambridge Analytica é acusada de ter recuperado dados de 50 milhões de utilizadores do Facebook para realizar um programa informático cujo objetivo era influenciar o voto dos eleitores nas últimas eleições presidenciais norte-americanas e no referendo do Brexit, por exemplo.

Na altura, um comunicado emitido pelo Facebook referia que a empresa estava "escandalizada por ter sido enganada", admitindo “compreender a gravidade do problema”. Foi nessa altura também que Zuckerberg se disponibilizou para depor no congresso.