Internacional

Lula já se entregou às autoridades

Manifestantes tentaram impedir que o antigo presidente do Brasil se entregasse às autoridades

Lula da Silva abandonou esta noite o Sindicato dos Metalúrgicos, onde tem passados os últimos dias, e entrou num carro descaracterizado com o propósito de se entregar às autoridades e cumprir o mandado de prisão. No entanto, uma multidão de apoiantes do antigo presidente do Brasil que se encontrava no local impediu-o de se entregar.

"Cercar, sentar e não deixar prender", gritavam os manifestantes, que bloquearam todas as saídas do recinto do sindicato e colocaram uma corrente num dos portões, revela a imprensa brasileira.

Lula acabou por voltar para dentro do edifício e acenou aos apoiantes. Alguns terão mesmo bloqueado passagens internas do edifício para dificultar a saída do antigo líder brasileiro. No entanto, o ex-líder brasileiro acabou por sair do sindicato pelo próprio. Acompanhado por seguranças, Lula enfrentou a multidão e acabou por sair do recinto. O antigo presidente já está com a polícia federal e está a caminho do aeroporto de Congonhas, de onde vai seguir de avião para Curitiba.

Recorde-se que Lula foi condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e branqueamento de capitais, no âmbito de um processo da Operação Lava Jato. Em causa está a oferta de um apartamento de luxo para facilitar contratos entre a construtora OAS e a petrolífera estatal Petrobras.