Internacional

Lula da Silva já está em Curitiba para cumprir pena de prisão

Manifestantes tentaram impedir que o antigo presidente do Brasil entrasse nas instalações da prisão 

Lula da Silva abandonou na noite de sábado o Sindicato dos Metalúrgicos, onde tem passados os últimos dias, e entrou num carro descaracterizado para se entregar às autoridades e cumprir o mandado de prisão. No entanto, uma multidão de apoiantes do antigo presidente do Brasil que se encontrava no local impediu-o de se entregar.

Lula acabou por voltar para dentro do edifício e acenou aos apoiantes. Alguns terão mesmo bloqueado passagens internas do edifício para dificultar a saída do antigo líder brasileiro. Contudo, Lula acabou por enfrentar a multidão e saiu do recinto.

O antigo presidente está agora em Curitiba e, de acordo com fontes da Polícia militar, em declarações à Globo e citadas pela Efe, vários manifestantes também se encontravam junto ao estabelecimento prisional de Curitiba para impedir que Lula entrasse na prisão.

De forma a que o ex-líder conseguisse entrar nas instalações, de acordo com a Efe, os agentes federais responderam à revolta dos manifestantes lançando gás lacrimogéneo, algo que obrigou que todos se afastassem daquela zona. Ninguém saiu ferido.

Agora, o antigo chefe de Estado, que sempre se declarou inocente, foi considerado culpado dos crimes de corrupção e branqueamento de capitais.

Lula começou a cumprir ontem os 12 anos de prisão a que foi condenado.