Sociedade

Crianças fazem quimioterapia nos corredores do Hospital de São João

Denúncia foi feita pelos pais

No hospital de São João, as crianças estão a receber tratamento de quimioterapia nos corredores. Os pais fizeram queixa à administração da unidade de saúde, mas como não tiveram resposta decidiram fazer uma denúncia pública.

Os pais garantem não ter nada a apontar relativamente aos médicos e enfermeiros, que estão a fazer o melhor que podem, mas criticam a administração do hospital.

Os pais descrevem ao Jornal de Notícias que os tratamentos de quimioterapia estão a ser feitos no corredor, os carrinhos de limpeza estão ao lado dos da comida, as crianças com defesas imunitárias estão a ser internadas em quartos com buracos nas paredes e janelas sem isolamento e que muitas vezes as camas são usadas para transportar material de limpeza.

As faltas de condições também se estendem até à ala pediátrica Joãozinho, que está em funcionamento há quase dez anos em contentores fora do edifício do hospital, depois de as obras na ala estarem paradas há dois anos.

O secretário de Estado de Sáude garantiu já ter transferido 22 milhões de euros para que as obras avancem, mas a construção ainda está à espera da autorização do Ministério das Finanças.