Sociedade

“Não somos todos Centeno, somos todos Adalberto”

Ministro das Finanças está a ser ouvido esta quarta-feira no parlamento

O ministro das Finanças garantiu esta manhã no parlamento que está a ser reforçado o investimento no Serviço Nacional de Saúde. Sobre as obras na pediatria do S. João, disse que esse pacote de investimentos está incluído em obras no valor de 150 milhões de euros previstos para este ano no SNS, não adiantando porém quando serão desbloqueados os 22 milhões de euros necessários para o projeto no hospital do Porto.

“Não somos todos Centeno, somos todos Adalberto”, respondeu já Mário Centeno, numa alusão à afirmação recente do ministro da Saúde, que mostrou solidariedade com os objetivos de consolidação orçamental do governo.

Centeno foi crítico de outros ciclos políticos em que eram lançadas primeiras pedras de projetos sem o respetivo envelope financeiro. Mas teve a resposta do lado do PSD, que deu como exemplo o novo hospital do Algarve prometido há dez anos num governo socialista e que até ao momento não avançou.

“Temos de acelerar o ciclo do investimento”, assumiu Mário Centeno, garantindo, porém, que este governo tem dedicado mais recursos à saúde.