Desporto

1.º Obidos Ladies Open. Estrelas de Majors de sub-18 discutem final de singulares, Koehler e Murta perdem

A dupla portuguesa foi eliminada nos quartos de final de pares. Final de singulares hoje (domingo), às 11h, entre sérvia Ivana Jorovic e a Checa Miriam Kolodzie Jová

A sérvia Ivana Jorovic e a checa Miriam Kolodziejová, duas antigas top-10 mundiais de sub-18, discutem hoje (Domingo) entre si o título do 1.º Obidos Ladies Open, o torneio internacional feminino, a contar para o ranking mundial WTA, com 25 mil dólares em prémios monetários (pouco mais de 20 mil euros), a decorrer na Bom Sucesso Tennis Academy.

A checa Miriam Kolodziejová, de 21 anos, 364.ª classificada no ranking mundial, teve um dia em cheio, pois necessitou de completar o duelo dos quartos de final que tinha sido interrompido na véspera por falta de luz natural, e depois ainda jogou toda a meia-final.

A antiga n.º8 mundial de sub-18 derrotou primeiro a 4.ª cabeça de série, a russa Valeria Savinykh, por 6-4, 1-6 e 6-4, em 1h34, e depois impôs-se à grande surpresa da prova, outra russa, Anastasia Kulikova, vinda da fase de qualificação, por 6-2 e 6-3, em 1h26.

Enquanto isso, a sérvia Ivana Jorovic, de 20 anos, 5.ª cabeça de série e 281.ª no ranking, só disputou o encontro das meias-finais. Em contrapartida, foi um duro combate de 2h33, que terminou com um triunfo sobre a 1.ª cabeça de série e a grande favorita ao título, a australiana de origem russa, Arina Rodionova, de 28 anos, 131.ª no ranking, por 5-7, 7-5 e 6-1. 

A final entre Jorovic e Kolodziejová está marcada para as 11h00 de hoje (Domingo) será o segundo confronto entre ambas. Na 6.ª Europe Tennis Centre Cup, um torneio juvenil, em 2013, Jorovic venceu por 6-0, 6-7 (5/7) e 6-4, mas sobre terra batida, um piso completamente diferente desta relva sintética.

Kolodziejová procura o seu 4.º título ITF, mas o primeiro de 25 mil dólares, já que conta no seu palmarés com 3 de 15 mil e 1 de 10 mil. Jorovic é a grande favorita, já possui uma dezena de troféus deste circuito ITF, 4 dos quais até de torneios mais importantes, de 50 mil dólares.

O curioso desta final é tratar-se de um confronto de estilos – a séria mais atacante e a checa mais defensiva – e por serem duas jogadoras que brilharam no circuito mundial de juniores. Jorovic chegou a ser n.º1 e Kolodziejová atingiu o 8.º posto.

Em torneios do Grand Slam, Jorovic foi finalista em Roland Garros (2014), perdendo diante de Daria Kasatkina, uma russa de 20 anos que agora é top-15 mundial. Kolodziejová, por seu lado, conquistou os títulos de pares de Roland Garros e do Open da Austrália em 2015, sempre ao lado da sua compatriota Markéta Vondroušová.

Entretanto, no torneio de pares, Maria João Koehler e Inês Murta foram eliminadas nos quartos de final pelas britânicas Sarah Beth Grey e Olivia Nicholls por 6-1 e 6-1, em 48 minutos.

Num encontro ainda referente à primeira ronda de pares, Cláudia Cianci e Lúcia Quitério perderam com Ivana Jorovic e a eslovaca Tereza Mihalikova por 6-2 e 6-2.

Em simultâneo, tem estado a decorrer a fase de qualificação do 2º. Obidos Ladies Open, na mesma Bom Sucesso Tennis Academy.

As dez portuguesas envolvidas são: Francisca Jorge, Inês Murta, Cláudia Cianci, Maria Inês Fonte, Lúcia Quitério, Ana Filipa Santos, Cláudia Gaspar, Leonor Oliveira, Catarina Cerqueira e Carolina Reis.

Nos encontros da primeira jornada do ‘qualifying’, Maria Inês Fonte derrotou a sueca Katerina Filip por 7-6 (7/3) e 6-2. Lúcia Quitério, Cláudia Gaspar, Leonor Oliveira e Catarina Cerqueira foram eliminadas.