Politica

Marisa Matias critica Goldman Sachs: "Há coisas que lemos que não dá para acreditar"

Em causa está o relatório sobre a sustentabilidade dos farmacêuticas que questiona se "curar doentes é um modelo de negócio sustentável"

Marisa Matias, eurodeputada do Bloco de Esquerda, criticou, na sua página oficial de Facebook, o relatório da Goldman Sachs sobre a sustentabilidade das farmacêuticas mundiais. "A Goldman Sachs pergunta num relatório se 'curar doentes é um modelo de negócio'?" questionou acrescentando que "há coisas que lemos que não dá para acreditar".

"A Goldman Sachs recomenda às farmacêuticas que não invistam em tratamentos médicos que curem porque isso transforma as doenças mortais em doenças crónicas e isso acaba por afetar o negócio", criticou a eurodeputada. Marisa Matias acrescentou ainda um exemplo enunciado no relatório: "quando saiu o tratamento para a Hepatite C rendeu o tripo do que rende agora..."