Sociedade

Casal detido por suspeita de várias burlas com arrendamento de casas

Caso está a ser investigado

Um casal da Batalha foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeita de terem praticado 28 crimes de burla qualificada, segundo informou a Procuradoria através de uma nota publicada na sua página na internet.

A nota indica que o casal foi detido por “se considerar fortemente indiciada a prática, em coautoria material e em concurso efetivo, de pelo menos 28 crimes de burla qualificada, fazendo desta atividade ilícita modo de vida”, adiantando ainda que entre dezembro de 2012 e dezembro de 2017, o casal publicitou “o arrendamento de imóveis, através da Internet, apresentando fotografias dos mesmos fornecendo por correio eletrónico as informações que lhes eram solicitadas pelos interessados, assim dando credibilidade à sua atuação e criando a convicção naqueles que seriam concretizados os mencionados arrendamentos”.

Os arguidos “exigiam a transferência para uma das contas bancárias por si tituladas, de um valor que oscilava entre os 25 euros e os 640 euros, alegando que tal era prévio à efetivação do arrendamento do imóvel".

O caso está a ser investigado sob a direção do DIAP de Leiria em conjunto com o Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ.