Politica

IURD. PS quer ouvir Marques Vidal no Parlamento

Proposta foi feita pela socialista Catarina Marcelino

O PS propôs esta quarta-feira uma audição no parlamento com a Procuradora-Geral da República (PGR), Joana Marques Vidal, no âmbito das alegadas adoções ilegais pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD).

De acordo com agência Lusa, a proposta foi apresentada pela deputada socialista Catarina Marcelino, numa reunião da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, após o relatório da social-democrata Teresa Morais sobre a petição acerca destas alegadas adoções ter sido aprovado por unanimidade.

"Entendemos que é fundamental ouvir a senhora Procuradora-Geral da República nesta matéria porque não estamos a falar apenas sobre o passado. Havendo alguma suspeição no presente, é fundamental ouvir a senhora procuradora", afirmou Catarina Marcelino, citada pela Lusa.

Neste relatório, Teresa Morais alerta para eventuais irregularidades nas adoções de crianças que ocorrem ainda hoje, para além das que aconteceram nos anos 90, denunciadas pela TVI.