Desporto

Cristiano Ronaldo acusa fisco espanhol de usar critérios “irracionais”

Ronaldo afirma que fisco usa critérios distintos para analisar o seu processo e o de Messi

Cristiano Ronaldo acusou o fisco espanhol de utilizar critérios “irracionais, subjetivos e incompreensíveis”, depois de a juíza se recusar a incluir no processo documentação que o fisco reuniu quando estava a investigar o processo de Messi.

Segundo o jornal El Mundo, o jogador português alegou que o fisco usou “critérios díspares” ao analisar os contratos de patrocínio dos jogadores, em que Ronaldo considera serem semelhantes.

Ronaldo quer que a juíza prove que não está a tratar os dois processos fiscais de forma distinta, mas esta recusou-se a aceitar a documentação.