Sociedade

Já se sabe onde vai ser a nova maternidade de Coimbra

Projeto vai resultar da fusão das maternidades Bissaya Barreto e Daniel de Matos

Já há decisão sobre a nova maternidade de Coimbra. Será instalada no polo dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC). O anúncio foi feito esta tarde pelo Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, num projeto que tem sofrido sucessivos adiamentos e disputas de localização nos últimos anos.

O projeto vai resultar da fusão da maternidade Bissaya Barreto e da maternidade Daniel de Matos. A segurança das grávidas e novo perfil é o motivo apontado para a localização.

A maternidade resultará de um investimento de 16 milhões de euros, de um total acima de 50 milhões. O lançamento do concurso para construção terá lugar até ao final do ano, garante o centro hospitalar. As obras começam em 2019. A administração não avançou ainda o local exato do empreendimento.

Uma das preocupações será o reforço da área de estacionamento no polo dos HUC, com a construção de um silo.
Sobre o que vai acontecer às atuais maternidades, ambas longe do bloco central, o centro hospitalar fala de concentração de recursos. "Fecham as duas ao mesmo tempo quando passarmos a resposta para a nova", diz a administração.