Politica

Marcelo Rebelo de Sousa agradece aos capitães de abril pela liberdade que vivemos hoje

Ato nunca será esquecido, referiu o Presidente

O Presidente da República começou o seu discurso, esta quarta-feira, na cerimónia solene do 25 de Abril, por agradecer “uma, dez, vinte, trinta, quarenta e quatro vezes aos capitães de Abril”.

Marcelo frisou a importância dos militares para a liberdade e democracia de Portugal e referiu que a nação nunca se irá esquecer desse ato heróico.

Ao longo do discurso, relembrou Sidónio Pais, os escândalos politicios, as dificuldades económicas e a instabilidade pelo que o país passou.

“A Europa perdeu sempre ao dividir-se”, afirmou, ao falar sobre os conflitos europeus, sublinhando que a “democracia supõe um equilíbrio de poderes”.

Marcelo foi aplaudido de pé pelo parlamento, que rematou o discurso gritanto “viva o 25 de Abril”.