Internacional

Coreias. Trump celebra 'encontro histórico' no Twitter

Presidente dos EUA aproveitou para elogiar o seu homólogo chinês

O presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Donald Trump, saudou o “encontro histórico” entre os líderes da Coreia do Norte e do Sul, após um “ano cheio de lançamentos de mísseis e testes nucleares”.

No Twitter, Donald Trump foi acompanhando o encontro entre os dois líderes: “Após um ano cheio de lançamentos de mísseis e testes nucleares, um encontro histórico entre a Coreia do Norte e do Sul está agora a decorrer. Estão a acontecer coisas boas, mas só o tempo o dirá”.

Pouco tempo depois, o presidente dos EUA voltou a usar a rede social para expressar o seu agrado face ao acordo entre os dois países: “A guerra coreana vai acabar! Os EUA e todo o seu grande povo deve estar muito orgulhoso do que se está a passar agora na Coreia”.

 

Entretanto, Trump usou o Twitter para agradecer ao presidente chinês, Xi Jinping, pelo apoio que deu aos EUA na fronteira coreana: "Não nos podemos esquecer da grande ajuda que o meu amigo, o presidente chinês Xi [Jinping], deu aos EUA, principalmente na fronteira da Coreia do Norte. Sem ele, este seria um processo muito mais demorado e difícil".

Recorde-se que este encontro entre Kim Jong-un e Moon Jae-in foi o primeiro em 11 anos. Para além disso, o líder norte-coreano foi o primeiro a pisar solo sul-coreano desde o fim da Guerra da Coreia.

No final da cimeira, ambos comprometeram-se a cumprir com uma "completa desnuclearização" daquela península, promovendo a paz e acabando com a guerra naquela zona.

Recorde-se que esta reunião antecede o encontro entre Kim Jong-un e Donald Trump, que deverá ocorrer entre o final de maio e princípio de junho.