Desporto

Radwanska e Rodionova em meia-final de luxo de nível circuito WTA

A outra meia-final de amanhã coloca frente a frente a promissora Katie Swan e a talentosa Pemra Ozgen.

Urszula Radwanska e Arina Rodionova irão oferecer amanhã (Sábado) uma meia-final de luxo para um torneio da Federação Internacional de Ténis (ITF), de 25 mil dólares em prémios monetários, pois são as duas jogadoras presentes no 3.º Obidos Ladies Open com melhor palmarés. Irá ver-se ténis de nível WTA.
 
Será o quarto confronto entre ambas, com Radwanska, a polaca de 27 anos que foi 29.ª mundial, a liderar o face-a-face por 3-0 diante de Rodionova, a australiana de 28 anos, atualmente 131.ª no ranking WTA.
 
Tudo começou quando ambas eram ainda juniores, com um triunfo por 6-3 e 6-2 no Slovak Junior Indoor Tournament de 2006, em carpete.
 
Depois, num torneio ITF, mas de 100 mil dólares, em Vancouver, em 2011, sobre hardcourts, o sucesso cifrou-se por 6-1 e 6-1.
 
Já no circuito WTA, na relva de 's-Hertogenbosch, em 2015, a vitória foi carimbada por 3-6, 7-6 e 6-0.
 
A relva sintética da Bom Sucesso Tennis Academy tem-se mostrado benéfica para ambas as jogadoras que partilham a curiosidade de terem irmãs ainda mais famosas.
 
Arina Rodionova tem uma irmã mais velha, Anastasia, de 35 anos, que foi 62.ª mundial em 2010. “Ula” Radwanska vive às vezes à sombra da “mana” Agnieszka, de 29 anos, que foi n.º2 mundial em 2012.
 
Hoje, numa jornada que se iniciou com 4 horas de atraso devido à chuva, Arina Rodionova, a n.º1 do torneio, derrotou a 5.ª cabeça de série, a espanhola Estrella Cabeza-Candela por 6-4 e 7-5, em 1h25; enquanto Urszula Radwanska impôs-se à turca Berfu Cengiz por 6-3 e 6-2, em 1h22.
 
Nos outros dois encontros dos quartos de final, a britânica Katie Swan, 3.ª cabeça de série, derrotou a sua compatriota e amiga Sarah Beth Grey por 6-1 e 7-6, em 1h33; e a turca Pemra Ozgen, 6.ª cabeça de série, levou a melhor diante da 2.ª jogadora da prova, a ucraniana Ganna Ponzikhirenko, por 6-0 e 6-4, em 1h28.
 
As meias-finais estão marcadas para as 11h00, em dois courts em simultâneo, para tentar fugir ao mau tempo. Swan e Ozgen defrontam-se pela segunda vez.
 
No ano passado, no Egito, em Sharm El Sheikh, sobre hardcourts, a britânica ganhou por 6-3 e 6-1 e volta a ser favorita amanhã.