Politica

Jerónimo acusa governo de ter "mau perder"

"O governo recorre para o Tribunal Constitucional de uma forma que não entendemos", afirmou 

Jerónimo de Sousa criticou a decisão do governo de pedir ao Tribunal Constitucional a fiscalização da norma aprovada no parlamento, por todos os partidos com exceção do PS, que impõe atribuir horários incompletos a professores dos quadros no concurso de mobilidade.

O secretário-geral dos comunistas mostrou-se "surpreendido" e considerou que esta decisão mostra que o governo tem "mau perder".

"O governo recorre para o Tribunal Constitucional de uma forma que não entendemos", afirmou Jerónimo, em declarações aos jornalistas, na Ovibeja.