Sociedade

Dérbi termina com seis detidos e quatro adeptos identificados

Elementos da polícia do Qatar participaram nas operações da PSP

A operação de segurança levada a cabo no sábado à noite, na sequência do jogo entre o Sporting e Benfica, terminou com seis detenções e quatro adeptos identificados.

"Quatro adeptos foram detidos por posse de artefacto pirotécnico e dois por agressões a polícias, numa ocorrência quase no final do jogo", explicou o comissário da PSP Tiago Garcia à agência Lusa.

"Três das detenções por posse de artefacto pirotécnico aconteceram antes do jogo, a outra foi já durante o encontro, e as detenções por agressões foram mesmo já nos últimos dez minutos", acrescentou o responsável, explicando que os seis detidos serão presentes a tribunal em segunda-feira.

Tiago Garcia garantiu que, apesar de a questão da segurança não se tratar de um ponto da responsabilidade da PSP, a quantidade de artefactos pirotécnicos que deflagrou no início do jogo será investigada.

A PSP revelou ainda que alguns elementos da polícia do Qatar estiveram presentes nas operações: "Estiveram a acompanhar o policiamento no âmbito de um intercâmbio com a Interpol para depois adaptarem no Mundial 2022. É um legado que vem já do Euro2004. A operação é um exemplo para eles", disse à agência Lusa.