Politica

Morreu o militar de Abril Álvaro Fernandes

O tenente-coronel Álvaro Fernandes morreu de cancro no domingo. O militar teve grande participação no 25 de Abril e no Verão Quente, tendo integrado o COPCON e organizado a distribuição de 1 500 armas a trabalhadores

Homem próximo de Otelo Saraiva de Carvalho, o tenente-coronel Álvaro Fernandes morreu no domingo vítima de cancro. O militar participou no 25 de Abril; foi subscritor do documento do COPCON; esteve na fundação da FUR; e participou na distribuição de 1500 armas a trabalhadores. Em Setembro de 1975, refugiou-se em Paris. Voltou para Portugal, anos depois, onde publicou quiatro livros de ficção e sobre o período revolucionário.

Ávaro Fernandes nasceu a 28 de janeiro de 1943 em Luanda. O corpo vai na segunda-feira para a Igreja da Parede, onde será velado. O funeral realizar-se-á na terça-feira de manhã.