Desporto

“Vergonha em Portugal”. As agressões do Sporting em Espanha

"Ás", "Marca" e "El País" dão destaque ao caos e violência leoninos. 

DR  

A invasão, o vandalismo e as agressões de adeptos sportinguistas a jogadores e técnicos em Alcochete explodiam esta terça-feira também nos meios de comunicação espanhóis.

“Marca”, “Ás” e “El País” destacavam esta tarde nos seus portais informativos os acontecimentos no centro de trabalhos leonino. No topo das atenções encontram-se as imagens dos ferimentos contraídos por Bas Dost.

O texto do diário desportivo “Ás”, assinado por Quique Rubio, começa de forma contundente. “Vergonha em Portugal”, lança o jornalista, descrevendo como “cerca de 50 ultras” invadiram o campo e instalações em Alcochete e sublinhando como também pelo caminho foram ameaçados os jornalistas que cobriam o treino que não chegou a ocorrer.

O “Ás” ressalva também que “o polémico presidente do Sporting, Bruno de Carvalho”, ou André Geralves, não se encontravam nas instalações.

O “El País”, por sua vez, descreve o rumo dos acontecimentos segundo a imprensa portuguesa, oferecendo, para além disso, informações sobre os últimos dias de caos no clube, sobretudo o que decorreu na reunião de segunda-feira.

A “Marca” segue as mesmas linhas. Ambos referem que o Sporting, apesar da violência, tem a final da Taça de Portugal para jogar no domingo.