Sociedade

Jornalistas do Correio da Manhã alvo de ameaças

A PSP reforçou a segurança junto à redação

A Polícia de Segurança Pública reforçou a segurança junto à redação do Correio da Manhã depois de vários jornalistas terem sido ameaçados através de chamadas telefónicas durante esta quarta-feira, escreve o Público.

A PSP confirmou que vários jornalistas do Correio da Manhã e da CMTV têm sido alvo de ameaças que começaram já na terça-feira.

Ao Público, Octávio Ribeiro, diretor-geral editorial da Cofina, não confirmou que os jornalistas tivessem sido ameaçados, mas referiu que houve um reforço da segurança.

As ameaças terão acontecido depois de o jornal ter avançado com a notícia do esquema de alegada corrupção envolvendo o Sporting.