Sociedade

PSP em alerta: os conselhos para uma final de alto risco

Autoridades deixam conselhos para a final da Taça

A propósito do jogo da final da Taça de Portugal, a Polícia de Segurança Pública deixou alguns conselhos para o jogo de domingo.

A final deste ano da Taça de Portugal joga-se no Jamor às 17h15. O jogo estará sob todos os olhares devido aos acontecimentos durante a semana, em que um grupo de adeptos do Sporting agrediu jogadores e equipa técnica, com o presidente do clube a ser muito contestado.

A PSP recorda que a participação em rixas dentro ou fora do estádio constitui crime, assim como o arremesso de objetos ou ofensas à integridade física.

As autoridades pedem que os adeptos acatem as ordens dos polícias e que se adote um comportamento cívico.

A PSP relembra que, segundo a legislação em vigor, é crime, nomeadamente:

-A distribuição e venda de títulos de ingresso falsos ou irregulares;

-A prática de dano qualificado em transporte público, instalação ou equipamento utilizado pelo público;

-Participação em rixa na deslocação para ou do espetáculo desportivo;

-O arremesso, no recinto desportivo, de quaisquer objetos ou produto líquido;

-A entrada não autorizada de qualquer pessoa na área de competição (relvado);

-Ofensas à integridade física atuando em grupo.

A PSP aconselha:

-Privilegie a utilização de transportes públicos na deslocação para os festejos;

-Quando estacionar o veículo, verifique bem se o deixou bem trancado e não deixe nada exposto no seu interior;

-Não estacione em locais proibidos, nomeadamente tendo especial atenção aos locais que possam dificultar a passagem de meios de socorro;

-Não traga consigo objetos valiosos, de grande interesse para si ou quantias elevadas de dinheiro;

-Se levar a mala, transporte-a sempre fechada e junto à parte frontal do corpo e com os objetos mais importantes (dinheiro, documentos, telemóvel, etc) distribuído por locais diferentes e de difícil acesso;

Acate com total disponibilidade as ordens dos Polícias pois as mesmas destinam-se a garantir que todos os cidadãos terão os mesmos privilégios para assistir aos festejos, seja por isso um órgão facilitador da ação policial e não comprometa a segurança;

-Entre cedo no estádio, evitando grandes aglomerações e consequentes atrasos na entrada;

-Adote um comportamento cívico, facilite a sua festa e o trabalho da PSP