Desporto

Se BdC se demitir, Marta Soares quer eleições "de imediato"

Declarações do presidente da Mesa da Assembleia Geral


Jaime Marta Soares afirmou este domingo que, caso Bruno de Carvalho se demita, irá marcar eleições de imediato para todos os órgãos sociais do Sporting.

"Não foi, não é, e não está nas nossas intenções utilizar essa norma estatutária [da comissão de gestão]. Assim, a mesa informa todos os sportinguistas que se o senhor presidente em exercício, Bruno de Carvalho, se demitir, serão marcadas, de imediato, eleições para todos os órgãos sociais, utilizando os tempos mínimos consagrados nos estatutos", disse o presidente da Mesa da Assembleia Geral à agência Lusa.

Marta Soares rejeitou a ideia de vir a ser constituída uma comissão de gestão: "Quanto a essa opção, plasmada nos estatutos, nunca a mesa informou quem quer que seja que iria tomar essa decisão, essa foi uma afirmação de exclusiva responsabilidade do senhor presidente Bruno de Carvalho".

O presidente da Mesa da Assembleia Geral afirmou que o seu objetivo é “desmontar” a mensagem passada por Bruno de Carvalho durante a conferência de imprensa de ontem: "Já que ela não corresponde minimamente à verdade, pedimos a todos os sportinguistas que só aceitem como verdadeiro aquilo que for transmitido pela nossa voz, que representa e expressa as decisões da Mesa da Assembleia Geral do Sporting clube Portugal".

Os comentários estão desactivados.