Sociedade

Proibição da pesca da sardinha acaba hoje

Os pescadores apenas poderão pescar até um máximo de 4.885 toneladas até 31 de julho

Os pescadores poderão, a partir de hoje, voltar a pescar sardinha até 31 de julho, num total de 4.855 toneladas. O fim da proibição esteve agendado para 30 de abril, mas o Ministério do Mar decidiu prolongá-la para garantir a recuperação e gestão da sardinha disponível. 

No entanto, o Conselho Internacional para a Exploração do Mar considerou, num parecer de outubro do ano passado, sugeriu a proibição da pesca da sardinha este ano em consequência da crescente redução do stock da sardinha. Na última década, o stock de sardinha diminui de 106 mil toneladas para as 22 mil em 2016. 

"Afastando o cenário da pesca zero, defendido no parecer do ICES [Conselho Internacional para a Exploração do Mar] em outubro de 2017, e também o limite de 1.587 toneladas de possibilidades de pesca, anunciado em 2015, o Governo reforçou os cruzeiros científicos e as ações dirigidas ao reconhecimento, articulou com Espanha e a Comissão Europeia as medidas a tomar e, no contexto da comissão de acompanhamento da pesca da sardinha, reforçou a participação dos diversos interessados na gestão desta pesca", afirmou o ministério à agência Lusa.