Sociedade

Ferro Rodrigues realça exemplo ético de António Arnaut

"Personificava, como poucos, o conceito de ética republicana"

Eduardo Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, reagiu à morte de António Arnaut, esta segunda-feira.

“É com profunda tristeza que tomo conhecimento do falecimento de António Arnaut, um homem que personificava, como poucos, o conceito de ética republicana”, diz Ferro Rodrigues numa nota enviada à agência Lusa.

Para Ferro Rodrigues, Arnaut foi “até ao último dia um cidadão empenhado e um militante ativo da causa dos direitos sociais, porque sabia bem que sem igualdade de oportunidades a liberdade não tem condições para ser exercida”.

“A sua partida deixa-me já um imenso sentimento de saudade. E quero, em nome da Assembleia da República, transmitir publicamente à sua família e a todo o PS, as minhas mais sentidas condolências”, lê-se na nota.

António Arnaut morreu esta segunda-feira em Coimbra, aos 82 anos.