Internacional

Trump admite possibilidade de cimeira com Coreia do Norte ainda se realizar

O presidente norte-americano cancelou a cimeira esta quinta-feira

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos da América, referiu esta quinta-feira que ainda é possível que a cimeira entre ele e Kim Jong-un se venha a realizar.

“Podem acontecer muitas coisas, incluindo, quem sabe, é possível que a cimeira marcada possa realizar-se, ou uma cimeira numa data posterior. Ninguém deve estar ansioso, temos que fazer as coisas bem”, referiuTrump na Casa Branca, adiantando que pensa que “kim Jong-un vai fazer o correto” e que “as coisas se resolverão”.

Pouco tempo depois de ter sido anunciado o cancelamento da cimeira, o presidente norte-americano pediu ao líder da Coreia do Norte para que “faça o que está certo não só por si mesmo, mas pelo seu povo, que está a sofrer enormemente”.

"Se Kim Jong-un decidir relacionar-se connosco com um diálogo e medidas construtivas, estarei à espera”, afirmou.

Na carta que Trump enviou a Kim Jong-un a revelar o cancelamento, o presidente dos EUA já tinha deixado a possibilidade de a cimeira se vir a realizar em aberto: “Se mudar de opinião quanto a esta cimeira tão importante, por favor não hesite em telefonar-me ou escrever-me”.