Sociedade

Barreiras Duarte desiste do doutoramento

O ex-secretário-geral do PSD, Feliciano Barreiras Duarte, desistiu do doutoramento que estava a tirar na Universidade Autónoma.


“Ele antecipou-se, no sentido de escrever uma carta às entidades competentes — à universidade e ao presidente do Conselho Científico — e consequentemente desistiu da sua condição de doutorando na Universidade Autónoma. O Conselho Científico limitou-se a constatar essa mesma renúncia e arquivou o processo”, referiu o diretor de administração da universidade, Reginaldo de Almeida, à Lusa.

Segundo noticiou o jornal Público na quinta-feira, o conselho Científico da universidade esteve reunido na quarta-feira para analisar e ratificar a proposta de decisão de aulas de Barreiras Duarte. “Tendo presente que ele espontaneamente pede a renúncia ao seu estatuto de doutorando, é ele que claudica e consequentemente o Conselho Científico deixou de ter objeto”, disse Reginaldo de Almeida.

Na sequência das denuncias das irregularidades no percurso académico do ex-secretário-geral do PSD, a comissão “deliberou por unanimidade” que teria de assistir às aulas para determinar se este poderia continuar inscrito. A comissão acabou por concluir que foi “induzida em erro” em relação ao currículo de Barreiras Duarte, que nunca foi investidor convidado da universidade de Berkeley.

No entanto, Barreiras Duarte antecipou-se e desistiu do doutoramento antes de a comissão analisar a proposta. “O que estava inscrito na ordem de trabalhos do Conselho Científico era efetivamente avaliar a proposta da Comissão Científica de Direito e a proposta era de considerar relevante o estatuto de ‘visiting scholar’ em Berkeley. Como ele, entretanto, desistiu do doutoramento deixou de ter objeto”, afirmou o diretor.