Internacional

EUA. O vigésimo terceiro tiroteio do ano numa escola deu em dois feridos

Professor foi atingido três vezes. Ainda assim, desarmou o aluno e imobilizou-o no chão. 

Um estudante do ensino básico norte-americano disparou na sexta-feira contra um professor e uma colega de turma naquele que é dado como o 23.º ataque com armas contra escolas nos Estados Unidos, só este ano. Professor e jovem rapariga ficaram feridos e o atirador, também aluno da  Noblesville West Middle School, foi detido.

De acordo com a Reuters, a aluna atingida está em estado crítico. O professor, Jason Seaman, de 29 anos, foi gravemente ferido, mas está fora de perigo. Seaman parece ter sido atingido em três locais: no abdómen, anca e antebraço, segundo escreveu a sua mãe no Facebook, adiantando que se encontrava estável depois de uma cirurgia.

De acordo com a imprensa americana, o atirador pediu licença para ir à casa de banho ao longo da aula. Veio de lá armado com duas pistolas e abriu fogo contra o professor e uma colega. O professor, apesar de várias vezes atingido, conseguiu ainda assim tirar as armas ao atirador e imobilizá-lo no chão, onde a polícia o encontrou.

De acordo com a CNN, este trata-se do 23.º tiroteio numa escola americana desde o início do ano. As autoridades adiantavam este sábado que estão a investigar o motivo do ataque. Até à tarde portuguesa deste sábado, a polícia do Indiana ainda não havia identificado o atirador ou apresentado acusações.