Politica

Ana Catarina Mendes: “Sim, os socialistas quando governam sabem ter as contas públicas com rigor”

A secretária-geral adjunta do PS falou no último dia do congresso socialista.

No final da apresentação das moções globais, Ana Catarina Mendes falou ao congresso e começou por agradecer ao legado de Mário Soares, António Arnaut, Almeida Santos e ainda Edmundo Pedro. “Honramos a história”, disse.
Sobre António Costa, Ana Catarina Mendes disse ser o “melhor herdeiro da história” socialista.

Sobre os dois anos de governo socialista, Ana Catarina Mendes disse que “ainda é cedo para balanços, mas não é cedo para reconhecermos que estamos a cumprir o que prometemos e devolvemos esperança e confiança aos portugueses”.
“Sim, os socialistas quando governam sabem ter as contas públicas com rigor e responsabilidade”, sublinhou.

A secretária-geral adjunta falou ainda sobre o desafio da “sociedade digital” e disse que só os socialistas sabem dar resposta a este desafio. “A formação e a educação são a nossa bandeira”, acrescentou.

Sobre o desafio da democracia, Ana Catarina Mendes disse que é uma questão para “levar a sério” e não, “como a direita diz, uma mera questão de natalidade”.

No final do discurso, os socialistas aprovaram a moção de António Costa por larga maioria.