Economia

TAP. Portugal vendido como destino de passagem para Espanha

“A caminho de” está já a causar polémica junto dos portugueses. Especialista em marketing admite que campanha fere o orgulho nacional

Portugal como caminho para Espanha, França ou Itália. Esta é a aposta da nova campanha da TAP que acaba de ser lançada nos Estados Unidos, mas que está a causar alguma polémica junto dos portugueses. Contactada pelo i, a companhia aérea esclarece que a ideia é promover Portugal e o programa Portugal Stopover que prevê uma paragem em Lisboa ou no Porto num voo de médio ou longo curso. 

“Portugal your way to Spain/France/Italy” está presente em 400 taxi tops de Nova Iorque e em 800 painéis publicitários. “Pretende-se convidar todos aqueles que não têm agendada viagem para Portugal a fazerem-no, mesmo que o seu destino final seja Espanha, Itália, França ou outro qualquer destino europeu. Os três países mencionados na campanha são os de maior potencial para a TAP à partida dos EUA”, esclarece ao i fonte oficial da empresa. A ideia é simples: convidar os milhares de norte-americanos que visitam Espanha, França, Itália, Europa, a conhecerem primeiro Portugal, passarem primeiro por cá.

Mas independentemente do objetivo, Ana Paula Cruz, do Instituto Português de Administração de Marketing  (IPAM), reconhece que a mensagem provoca sempre alguma discussão junto dos portugueses. “É natural que haja alguma polémica sobretudo por ferir um certo orgulho nacional. Como é evidente não gostamos de ser vistos como um local de passagem, mas um local de destino e todos sabemos que Portugal tem esse potencial”, diz ao i.

De acordo com fonte oficial da TAP, existe um duplo objetivo: “O de convidarmos mais pessoas a visitarem Portugal e também o de colocarmos a TAP como uma companhia com uma vasta rede europeia, que não transporta passageiros apenas para Portugal, e assim poder competir com os seus concorrentes”.

A empresa lembra ainda que a companhia aérea tem feito uma forte aposta de Portugal nos Estados Unidos da América  – como no resto do mundo, com programas como o Taste the Stars e TAP Wine Tour, por exemplo, ou com o novo Safety Video  a bordo) – que tem sido alvo de investimentos elevados. 

“Os ecrãs da icónica Times Square, menções a Portugal e ao Portugal Stopover da TAP em cadeias de televisão norte-americanas de difusão nacional e na imprensa generalista e de viagens têm colocado Portugal no roteiro de destinos de férias dos norte-americanos, como nunca esteve”, acrescenta.

Desconhecimento americano Ana Paula Cruz lembra, no entanto, que a campanha é pensada acima de tudo para americanos que desconhecem a Europa. “Não nos podemos esquecer que o mercado americano não conhece muito bem a Europa e, tal como nós não conhecemos Ohio e Massachusetts, mas conhecemos Nova Iorque também os americanos têm algum desconhecimento em relação ao mercado europeu. Portugal não é conhecido por muitos americanos e é muito frequente associarem-nos a Espanha quando falamos de Portugal”, salienta.

Já do ponto de vista da mensagem que é direcionada para um público-alvo que é desconhecedor de Portugal, a professora do IPAM reconhece que atinge o seu objetivo: “Estamos a dizer que já que vai para a Europa considere também uma passagem por Portugal. Por outro lado, está a vender os serviços da TAP, que através de Portugal tem uma série de destinos”.