Internacional

Bernie Sanders denuncia “exploração desumana” na Disneyland

O ex-candidato à Casa Branca falou sobre a precariedade dos funcionários

DR  

O senador e antigo candidato presidencial norte-americano Bernie Sanders denunciou as condições “desumanas” em que os funcionários da Disney, na Califórnia, trabalham.

Bernie Sanders falou daqueles que “andam todo o dia com fatos de Mickey Mouse e Donald Trump” e que “têm salários tão baixos que mal conseguem sobreviver”. Uma “exploração desumana”, considera Bernie Sanders.

A Disney “é uma empresa de 150 mil milhões de dólares, que teve lucros de 9 mil milhões no ano passado” e ainda assim os trabalhadores “não sabem se terão o que comer a cada dia”, denunciou o norte-americano.

“É precisa uma grande coragem para o que estes trabalhadores estão a fazer, a levantar a voz contra a ganância de uma das mais poderosas e lucrativas sociedades americanas”, disse Bernie Sanders, que falou ao lado dos trabalhadores em Anaheim, Califórnia.

“A luta deles é a nossa luta”, afirmou.