Politica

“Ninguém está condenado a ter um mau emprego”, diz Vieira da Silva

Para o ministro do Trabalho, a “pior precariedade é não ter emprego”

"Não estamos condenados a ter um mau emprego, podemos ter a ambição de ir melhorando a qualidade e isso não é só bom para a sociedade e as famílias, emprego mais estável também é bom para as empresas e a economia”, disse o ministro do Trabalho Vieira da Silva numa iniciativa do jornal Eco.

Vieira da Silva acrescentou que “a pior precariedade é não ter emprego”.

O ministro disse ainda estar confiante na aprovação das mudanças ao Código do Trabalho, acordadas em concertação social.