Desporto

"Já se percebeu que se o dr. Bruno de Carvalho for a eleições, ganha"

Bruno de Carvalho esteve ausente da conferência de imprensa marcada pelo próprio.

Na conferência de imprensa anunciada por Bruno de Carvalho para reagir à decisão da Comissão de Fiscalização, Elsa Tiago Judas, presidente da Comissão Transitória da Mesa da Assembleia Geral, começou por dizer que "hão há interesse em eleições porque já se percebeu que se o dr. Bruno de Carvalho for a eleições, ganha".

Na conferência de imprensa Bruno de Carvalho esteve ausente, tendo sido representado por elementos da Comissão Transitória da Mesa da Assembleia Geral, estando presentes apenas Fernando Correira, porta-voz do presidente, Bernardo Trindade Barros, vice-presidente da Comissão Transitória, e Elsa Tiago Judas.

"Não é preciso ser muito inteligente, basta ter boa fé para entender isto. O ex-presidente da Mesa percebeu que o dr. Bruno de Carvalho e o Conselho Diretivo têm feito um excelente trabalho, reconhecido pelos sócios. Não há interesse em eleições porque já se percebeu que se o dr. Bruno de Carvalho for a eleições, ganha. O ponto fundamental é que não lhes interessa dar a voz aos sócios", disse Elsa Judas.