Tecnologia

Mil vagas em projeto da Google para Portugal

O projeto piloto do novo centro português da Google, em Oeiras, vai arrancar no final deste ano, através de um concurso aberto para o preenchimento de mil vagas.

A multinacional norte-americana Google instalara há pouco tempo, também em Oeiras, um centro de serviços, hub tecnológico, para a Europa, Médio Oriente e África, arrancando com 500 empregos qualificados.

O vice-presidente para os assuntos globais da Google anunciou que o projeto piloto do novo centro português da Google, em Oeiras, vai arrancar no final deste ano, através de um concurso aberto para o preenchimento de mil vagas destinadas a formação e posterior desenvolvimento de produtos tecnológicos no sistema operativo Android.

O anúncio de Kent Walker foi feito no final de uma visita do primeiro-ministro à sede desta multinacional tecnológica norte-americana, em Mountain View, na Califórnia. António Costa salientou que “o anúncio da criação desta academia piloto para o desenvolvimento de aplicações com base na tecnologia Android é extremamente importante” uma vez que a “indústria das aplicações é algo que vale milhões e milhões de dólares ou euros no mercado global", justificou António Costa.

O chefe do governo lembrou que a Google fez recentemente em Portugal "um investimento muito importante, tendo já criado 500 postos de trabalho" e desejou que “este projeto piloto tenha sucesso e que se possa desenvolver a partir de Portugal uma nova capacidade em termos de inovação em matéria de aplicações”.

António Costa referiu ainda que “será a primeira vez que a Google o fará na Europa e espero que não seja a última em Portugal", considerando que a decisão da Google "dará uma grande centralidade a Portugal como país líder no desenvolvimento de tecnologias".

Já Kent Walker referiu que “a nossa apreciação é que Portugal é um dos países líderes da economia digital na Europa” e que a Google quer “continuar a apoiar os esforços do Governo português para desenvolver a digitalização da sua economia".