Desporto

Cristiano Ronaldo chega a acordo com fisco espanhol e aceita pagar 18,8 milhões de euros

O internacional aceitou dois anos de pena suspensa, que serão saldados pelo pagamento de 18,8 milhões de euros ao fisco espanhol. 

Cristiano Ronaldo chegou a acordo com o fisco espanhol e aceitou os dois anos de prisão suspensa, que vão ser saldados pelo pagamento de 18,8 milhões de euros, avança o jornal espanhol El Mundo. 

De acordo com a mesma publicação, Ronaldo reconheceu quatro crime fiscais, tendo as autoridades, no entanto, apurado que o português não fugiu intencionalmente aos impostos a pagar, ao colocar dinheiro recebido por contratos de publicidade em contas offshore nas Ilhas Virgens Britânicas. 

No total, o fisco de Espanha concluiu que Cristiano Ronaldo não pagou 5,7 milhões de euros em impostos. A diferença entre os 18,8 milhões de euros que o português vai pagar e os 5,7 milhões dizem respeito a multas e juros de penalização. 

Agora, basta que o acordo seja assinado pelo próximo diretor da Agência Tributária espanhola, nome que ainda não foi divulgado pelo mais recém-empossado governo de Sánchez.