Economia

Rupert Stadler, CEO da Audi, foi detido

Em causa está o escândalo de emissões poluentes na Volkswagen.

O diretor-executivo da Audi, Rupert Stadler, foi detido esta segunda-feira na Alemanha na sequência do escândalo de emissões poluentes da Volkswagen.

“Confirmamos que o sr. Stadler foi detido esta manhã. Uma audiência vai determinar se ficará preso preventivamente ou não”, disse a Volkswagen em comunicado.

O Ministério Público de Munique refere que a detenção do CEO da Audi se deveu ao risco de destruição de provas.

Stadler já estava a ser investigado desde a última semana. As autoridades alemãs já tinham realizado buscas na sua casa.

O CEO da Audi é suspeito de ter participado no escândalo das emissões fraudulentas de carros a gasóleo do Grupo Volkswagen.